Com milhões de pessoas endividadas e até inadimplentes, é muito importante conhecer dicas pouco divulgadas no mercado financeiro e como o limite da conta é um dos principais vilões do orçamento dos brasileiros, vamos te mostrar como parcelar o cheque especial.

É isso mesmo! Embora a maioria dos bancos não comente sobre isso, saiba que você pode pagar de forma parcelada aquele limite da conta que pegou emprestado, não conseguiu quitar integralmente e agora está virando uma bola de neve devido aos juros.

Então, continue conosco para saber como sair do cheque especial, fazendo o parcelamento da sua dívida com melhores condições de pagamento!

Tem como parcelar o cheque especial?

Sim! É possível parcelar o cheque especial, mas é importante ter cuidado e avaliar se essa é a melhor opção para você.

Como em qualquer outra modalidade de crédito, após 30 dias do não pagamento, o banco precisa oferecer outra opção de pagamento para o cliente.

Esse é um direito do consumidor e está previsto em lei, valendo tanto para o cheque especial quanto para o pagamento da fatura do cartão de crédito

Mas, atenção, pois embora seja uma opção de se ver livre da dívida que está pesando no seu orçamento familiar, ainda assim terá que arcar com os altos juros do limite do cheque especial.

Por isso, parcelar o cheque especial pode ser uma opção para aliviar o endividamento no curto prazo, mas tenha um plano para quitar a dívida o mais rápido possível.

Dicas úteis de como parcelar o cheque especial

Optar pelo parcelamento da dívida do cheque especial é uma péssima prática para a sua saúde financeira, mas entre parcelar e não conseguir pagar, essa é uma opção viável.

Por essa razão, se você precisa quitar o quanto antes o limite do cheque especial na sua conta bancária, confira a seguir quais são as melhores dicas e estratégias para isso:

  • Negocie com o banco: entre em contato com o seu banco e negocie as condições para parcelar o valor do cheque especial, pois muitas instituições financeiras oferecem essa opção e podem estar dispostas a ajustar os termos de pagamento, inclusive, diminuir os juros acumulados
  • Entenda os custos: antes de optar por parcelar, certifique-se de compreender totalmente os custos envolvidos, o que inclui não apenas a taxa de juros, mas também eventuais tarifas ou encargos adicionais, como as multas por atraso
  • Escolha o prazo adequado: ao parcelar, opte por um prazo que seja viável para você pagar sem comprometer ainda mais suas finanças, sempre considerando sua capacidade de pagamento mensal e escolhendo um prazo que não gere parcelas muito altas
  • Priorize o pagamento: faça um planejamento financeiro e priorize o pagamento das parcelas do cheque especial, sendo fundamental reduzir gastos desnecessários e destinar o máximo possível de dinheiro para quitar essa dívida o mais rápido possível
  • Evite novas dívidas: enquanto estiver pagando o cheque especial parcelado, evite contrair novas dívidas ou utilizar novamente esse recurso, pois isso só aumentará o seu endividamento e tornará mais difícil sair dessa situação
  • Considere alternativas: explore outras alternativas de crédito que possam ter taxas de juros mais baixas, como empréstimos pessoais ou consignados, além disso, compare as opções disponíveis antes de decidir pelo parcelamento do cheque especial

Em resumo: Mesmo sabendo como parcelar o cheque especial lembre-se sempre de que essa é uma medida paliativa e temporária. O ideal é trabalhar para equilibrar suas finanças e evitar recorrer a esse tipo de recurso no futuro.