Com o fim das transações via DOC, agora só se fala em Pix e Drex, dois sistemas de pagamento digitais criados pelo Banco Central do Brasil, que facilitam e agilizam ainda mais a movimentação de dinheiro na sua conta bancária.

Contudo, muitos brasileiros ainda estão com dúvidas sobre a diferença entre o Pix e o Drex, principalmente como irá funcionar o uso da moeda digital do real aqui no Brasil. Por isso, neste artigo vamos te explicar quais são essas diferenças e ajudar você a decidir qual sistema é o melhor para você! Confira!

O que é o Pix?

O Pix é um sistema de pagamento instantâneo que permite que os usuários transfiram dinheiro entre contas bancárias em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana. O Pix é gratuito para pessoas físicas e jurídicas, e não há limite de valor para as transações.

Baseado na tecnologia DLT (Distributed Ledger Technology), que é a mesma utilizada pelas criptomoedas, o Pix permite que as transações sejam registradas em uma rede de computadores de forma segura e transparente.

O que é o Drex?

O Drex é uma moeda digital emitida pelo Banco Central do Brasil, sendo basicamente uma extensão do real físico, inclusive, tem o mesmo valor. O Drex poderá ser usado para pagamentos, transferências e outros serviços financeiros.

O Drex é baseado na tecnologia blockchain, que é uma tecnologia de registro distribuído que permite a criação de um sistema de transações seguro e transparente.

Principais diferenças entre Pix e Drex

Agora que entendemos as características básicas de cada sistema, vamos analisar as principais diferenças entre o Pix e Drex!

1. Natureza

A principal diferença entre Pix e Drex está na sua natureza. O Pix é um sistema de pagamentos, enquanto o Drex é uma moeda digital. Isso significa que o Pix é um meio para transferir dinheiro, enquanto o Drex é o próprio dinheiro que está sendo transferido.

2. Tecnologia

O Pix é um sistema baseado na tecnologia de pagamentos instantâneos, que utiliza a infraestrutura do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). O Drex, por sua vez, é um sistema baseado na tecnologia blockchain, que é a mesma tecnologia utilizada pelas criptomoedas.

3. Limites

O Pix possui limites de valor para as transações. O valor máximo para uma transação Pix é de R$1 milhão, com exceção das transações entre pessoas físicas, que podem ter um valor máximo de R$100 mil. O Drex também terá limites de valor, mas eles ainda não foram definidos.

4. Custo

O Pix é um sistema gratuito para os usuários. O Drex também deve ser gratuito para os usuários, mas ainda não foi confirmado.

5. Segurança

Tanto o Pix quanto o Drex são sistemas seguros. O Pix utiliza a infraestrutura do SPB, que é um sistema seguro e confiável. O Drex também deve ser seguro, pois utiliza a tecnologia blockchain, que é uma tecnologia segura e auditável.

6. Aplicações

O Pix pode ser usado para uma variedade de aplicações, incluindo pagamentos de contas, transferências de dinheiro, compras online e pagamentos em estabelecimentos comerciais.

O Drex também pode ser usado para uma variedade de aplicações, incluindo pagamentos, transferências de dinheiro, investimentos e aplicações financeiras.

7. Disponibilidade

O Pix já está disponível para todos os usuários. O Drex deve ser lançado em 2024 e é esperado que opere somente de acordo com os horários de funcionamento das instituições financeiras.

Quando usar Pix e Drex?

O Pix é o sistema mais adequado para transações simples e rápidas, como quando precisamos enviar dinheiro a outras pessoas ou fazer compras em estabelecimentos.

Já o Drex é o sistema adequado para transações mais complexas ou para serviços financeiros inovadores, como investimentos.

Qual é a melhor opção para você?

A melhor opção para você depende das suas necessidades e preferências. Se você está procurando um sistema gratuito e seguro de pagamentos instantâneos, o Pix é a melhor opção. Se você está procurando uma moeda digital do real, o Drex é a melhor opção.

Em resumo: Pix e Drex são sistemas de pagamento digitais inovadores que têm o potencial de revolucionar o mercado financeiro brasileiro. O Pix é um sistema já disponível e amplamente utilizado, enquanto o Drex é um sistema que ainda está em desenvolvimento, mas que tem o potencial de oferecer novos recursos e funcionalidades.