Viajar para o exterior é uma experiência incrível que muitos de nós sonhamos em realizar. No entanto, uma viagem internacional requer planejamento cuidadoso, especialmente quando se trata das finanças.

Neste artigo, vamos explorar como você pode se preparar financeiramente para uma viagem internacional e garantir que sua aventura seja memorável e sem estresses financeiros. Vamos conferir?!

1. Estabeleça um orçamento

O primeiro passo para o planejamento financeiro de uma viagem internacional é criar um orçamento detalhado, o qual deve incluir os gastos com:

  • Passagens aéreas
  • Hospedagem
  • Alimentação
  • Transporte
  • Atividades turísticas
  • Seguro viagem

É muito importante determinar quanto dinheiro você está disposto a gastar na viagem, pois isso ajudará a ter um orçamento claro ajudará você a manter o controle de seus gastos e evitar surpresas desagradáveis.

2. Economize antes da viagem

Depois de definir o orçamento, é hora de começar a economizar, onde quanto mais tempo você tiver, mais tempo terá para guardar dinheiro e pesquisar as melhores opções.

Por isso, crie um plano de economia que inclua metas mensais para alcançar o montante desejado até a data da viagem.

Além disso, considere cortar despesas não essenciais do seu atual orçamento, como jantares fora de casa, assinaturas de streaming e compras impulsivas.

Você também pode procurar maneiras de ganhar dinheiro extra, como trabalhos freelance ou vender itens não utilizados, pois toda quantia será bem-vinda.

3. Pesquise destinos e custos

Antes de decidir o destino da sua viagem internacional, faça uma pesquisa minuciosa sobre os custos associados a diferentes países e cidades.

O custo de vida varia consideravelmente de um lugar para outro, e escolher um destino mais acessível pode ajudar a esticar seu orçamento.

Além disso, verifique a taxa de câmbio e acompanhe as flutuações para obter o melhor momento para trocar sua moeda.

4. Reserve com antecedência

Uma dica muito importante é fazer suas reservas com antecedência sempre que possível. Isso inclui passagens aéreas, acomodação e passeios.

Isso porque reservar com antecedência muitas vezes permite que você aproveite descontos e evite surpresas desagradáveis de preços mais altos de última hora.

5. Considere opções de pagamento

Quando se trata de pagar por despesas no exterior, é importante escolher as opções mais econômicas, visto que existe a taxa de câmbio e outras tarifas, como o IOF no cartão de crédito.

Por isso, considere a utilização de cartões de débito e crédito internacionais, principalmente que não cobrem taxas de conversão de moeda estrangeira. Mas, lembre-se de habilitar seu cartão para o uso no exterior, para evitar bloqueios inesperados.

Além disso, uma dica é já criar uma conta bancária internacional, pode ser até mesmo digital, como é o caso da Inter Global, Nomad, Avenue Banking e C6 Global.

E, mesmo que você use o cartão de crédito para pagar a maioria das despesas, é importante levar algum dinheiro em espécie, principalmente para emergências ou para compras em lugares que não aceitam cartão.

6. Mantenha um fundo de emergência

Mesmo com o melhor planejamento, imprevistos podem acontecer durante uma viagem internacional e sendo assim, mantenha uma reserva de emergência separada para cobrir despesas inesperadas, como cuidados médicos ou problemas com passaportes.

7. Faça um seguro de viagem

Não subestime a importância de um seguro de viagem, pois este é um investimento essencial para proteger suas finanças em caso de doença, acidente ou outras situações imprevistas.

Inclusive, muitos cartões de crédito das bandeiras Visa e Mastercard oferecem seguro viagem grátis, que geralmente cobre despesas médicas, hospitalares, odontológicas e até mesmo cancelamento de viagem, basta que a sua passagem tenha sido paga integralmente com o cartão com tal benefício.

8. Acompanhe seus gastos durante a viagem

Mantenha um registro de todos os seus gastos durante a viagem. Isso pode ser feito por meio de aplicativos de orçamento ou simplesmente anotando todas as despesas em um caderno. Isso ajudará você a ficar dentro do orçamento e a identificar áreas em que pode economizar.

9. Evite compras impulsivas

É tentador gastar dinheiro em souvenires e compras durante uma viagem, mas cuidado com as compras impulsivas. Antes de comprar algo, pense se realmente precisa daquele item e se ele cabe no seu orçamento.

10. Planeje o retorno

Finalmente, não se esqueça de planejar o retorno. Reserve algum dinheiro para despesas após a viagem, como pagar contas ou cobrir despesas iniciais quando voltar para casa.

Em resumo: Viajar internacionalmente é uma experiência emocionante que pode ser alcançada com um planejamento financeiro adequado. Ao seguir estas dicas e se manter disciplinado em relação às suas finanças, você poderá aproveitar ao máximo sua viagem internacional sem se preocupar com problemas financeiros.