Você está cansado(a) de pagar taxas bancárias altas e sem saber por quê? Com a chegada dos bancos digitais, muita coisa mudou, mas algumas tarifas ainda podem te pegar de surpresa, pois ao contrário do que muitos pensam, as contas digitais não são 100% gratuitas.

Mesmo em contas como a do Neon e Banco Pan, que você abre no celular rapidinho, alguns serviços podem ter custos. Mas, não se preocupe! Neste guia exclusivo, você vai descobrir quais são as principais tarifas que podem ser cobradas e como se livrar delas para economizar seu suado dinheirinho. Vamos nessa?

Quais taxas podem ser cobradas por bancos digitais?

Confira a seguir quais são as principais taxas e tarifas cobradas pelos bancos digitais:

  • Saque em caixa eletrônico: sabe aquele dinheirinho que você precisa na hora? Pois é, sacar em caixas fora da rede do seu banco pode te custar caro
  • Transferências para outros bancos: mandar dinheiro para amigos ou pagar contas em outros bancos também pode ter taxa, principalmente se for TED
  • Pagamento de contas: pague suas contas de luz, água e internet no app do banco para evitar filas e, de quebra, as taxas dos boletos
  • Cartão de débito: o débito é seu amigo para compras do dia a dia, mas cuidado com os saques internacionais e consulta de saldo em caixas automáticos que não sejam do seu banco
  • Extrato impresso: sempre dê preferência para a consulta de extratos online, tanto para economizar papel quanto dinheiro
  • Conta inativa: se você não usar sua conta por um tempo, pode ter que pagar para reativá-la ou pior, tem bancos que ficam cobrando taxa de manutenção mesmo que você não esteja usando a conta

Dicas para driblar as taxas dos bancos digitais

  • Compare as tarifas: antes de abrir uma conta, compare as taxas dos diferentes bancos digitais, pois cada vez mais há diferenças, até porque algumas contas digitais já estão cobrando taxa de manutenção ou taxa de inatividade de seus clientes
  • Use os serviços gratuitos: muitos bancos oferecem opções sem taxas, como transferências dentro da mesma instituição e saques em caixas da rede, então, aproveite
  • Mantenha saldo na conta: diversos bancos digitais zeram as tarifas se você mantiver um determinado valor na conta e mesmo que seja R$1, vale a pena para economizar nas taxas
  • Negocie os serviços: entre em contato com o seu banco e negocie a redução ou isenção de taxas, principalmente quando for a anuidade do cartão de crédito, pois muitos bancos costumam zerar essa taxa para clientes que fazem uso do cartão e pagam as faturas em dia
  • Fique atento às promoções: os bancos físicos, cada vez mais, estão fazendo campanhas tarifas zeradas por um período para novos clientes, como 12 meses de isenção na anuidade do cartão de crédito ou até 10 dias sem a cobrança de juros no cheque especial, enfim

Em resumo: Seja um consumidor consciente, fique de olho nas taxas e economize com os bancos digitais! E, lembre-se: você tem o direito de saber quais são as tarifas cobradas pelo seu banco e de escolher a opção que melhor se encaixa nas suas necessidades.